Assinatura eletrônica eSignAnywhere - Exemplo de caso de uso: Modelo

A situação

Para não ter que criar o mesmo envelope repetidamente para situações constantes, o vendedor cria um modelo que pode ser usado para contratos constantes. Criar um modelo e utilizá-lo em situações constantes não apenas nos permite economizar tempo mas também evita erros como, por exemplo, o esquecimento de um campo de texto.

Descrição do caso de uso

São necessários os seguintes passos:

  1. Criar um modelo
  2. Usar o modelo

Este caso orienta o processo de criação de um modelo com UI e para trabalhar com um modelo com a API. Para evitar a criação repetida do mesmo envelope, este caso explica como criar um modelo. Assim, pode-se economizar tempo. Primeiro, temos que criar um modelo com o UI. As capturas de tela a seguir mostram onde encontrar a seção modelos:

 

Figura Descrição
create new template
  1. Você pode criar um novo modelo nesta seção.
  2. Clique nesta tecla para criar o primeiro modelo

 

Ao clicar em “Create your first template”, será visualizada a seguinte janela:

 

edit template

 

Você pode definir um destinatário para o modelo, como mostrado na figura acima, ou definir um marcador. Observação: Se você definir marcadores para seu modelo, terá que substituí-los se utilizar o modelo.

Aqui, pode encontrar a imagem de um modelo com dois marcadores:

 

template with two placeholders

 

Ali podem ser configuradas todas as definições do modelo. Depois das configurações, pode carregar o modelo mostrado na captura de próxima tela:

 

Figura Descrição
template with two placeholders
  1. Carregar e salvar o modelo

Depois de salvar o modelo, pode utilizar o ID do modelo e trabalhar com API. Se abrir o modelo, pode ver o mesmo na URL:

Exemplo: https://demo.esignanywhere.net/Templates/Detail/##TemplateID##

Recursos úteis

Integrações (Inglês)